MANTLE MODA SPORT

TroféuBrasilAtletismo2

Maria Aparecida Ferraz, atleta Mantle, é campeã no Troféu Brasil de Atletismo

 

TroféuBrasilAtletismo

 

Confirmando o favoritismo a atleta paulista Maria Aparecida Ferraz foi a grande campeã do Troféu Brasil de Atletismo, na prova dos 5 mil metros, ocorrida no último final de semana, no Centro de Atletismo Professor Oswaldo Terra (Arena Caixa), em São Bernardo do Campo, São Paulo.

A atleta estava com gana de vencer. Ferraz conquistou o 3º lugar nas três últimas edições em 2014, 2015 e 2016.

Nascida na cidade de Cruzeiro, Maria Aparecida, de 26 anos, corre pela Equipe LUASA, de Taubaté (SP), patrocinada pela Mantle Brasil.

A prova dos 5 mil metros é a preferida da atleta.

“Os cinco mil metros é a minha prova favorita. Tenho boa arrancada e fiz isso em três momentos da prova. Quando senti que o ritmo das minha adversárias caíram percebi que era o meu momento. Fui pra cima e graças a Deus deu tudo certo”, comemora Maria Aparecida.

Com uma estratégia de corrida elaborada, alternando entre as raias 1 e 3, a atleta Mantle, deu três arrancadas na prova nos 1500m, 200m e 50m finais. A partir da 8ª volta, Ferraz viu que o ritmo das competidores caiu e passou a se destacar no grupo.

Na prova do 5000m as competidoras dão 12 voltas e meia numa pista de 400m.

Maria Aparecida Ferraz garantiu a vitória com o tempo de 16min31seg98. O recorde da prova é de 15min36seg57 de 2012.

O índice exigido pela IAAF (sigla em inglês para Associação Internacional de Federações de Atletismo) para o Campeonato Mundial de Londres, que acontece em agosto, na prova de 5000m, é de 15min22seg00. Maria Ferraz garantiu que vai atingir o índice nas demais provas que vai participar até o Mundial.

Ferraz participou de mais duas provas do Troféu Brasil, os 10 mil metros, em que chegou em 5º lugar, com o tempo de 34min45seg92, e na prova dos 1500m, em que chegou na 4ª colocação, com o tempo de 4min29seg13.

Masculino

Na prova dos 1500m, Vinicius Rocha Veloso, ficou na 7ª colocação, com o tempo de 3min51seg79 e, em 8º, ficou José Alves da Silva Junior, com o tempo 3min55seg09. Já nos 800 metros, Vinicius Rocha foi finalista com a 12ª colocação e tempo de 1min52seg79.

No revezamento 4×100 a equipe formada por Luiz Rideiky das Chagas Cavalcante, Rafael Honorato Nunes, Kelvin Falcão Pereira e Wesley Goncalves Rezende, ficou na 10ª colocação, com o tempo de 43seg18.

No lançamento de dardo, Bruno Rodrigues de Farias, ficou na 9ª colocação, com a marca de 62m36.

Denner da Silva foi semifinalista dos 110 metros com barreiras.

No quadro geral por equipes, a LUASA ficou em 7º lugar na competição.

A competição é considerada o principal evento interclubes da modalidade na América Latina.

[mashshare] [mashshare]